Amélia Blog
Emagrecimento e Bem-Estar


Emagrecimento

11 de março de 2014

Cafeína Efeitos Colaterais

Efeitos Colaterais da Cafeína – Conheças os efeitos colaterais que podem ser causados pelo consumo em excesso da cafeína.

Uma leitora aqui do AméliaBlog chamada Dani nos enviou um comentário em nosso post sobre o LipoDrol, informando que passou mal, teve enxaqueca, vomito e foi para no hospital após ter iniciado a tomar o emagrecedor que é a base de cafeína. “Será pode ser alguma coisa do emagrecedor?” perguntou ela.

Como outras pessoas já fizeram perguntas semelhantes, resolvemos escrever este post para poder ajudar.

Atualmente a cafeína está presente na vida dos brasileiros. Seja em doses menores em nosso tradicional café e refrigerante, ou em doses mais altas como no caso dos emagrecedores a base de cafeína.

A maioria dos emagrecedores do tipo termogênicos, (estimulantes que atuam no metabolismo para aumentar a queima de gordura) possui cafeína. Ela é um dos estimulantes mais seguros e eficazes para isso, pois trás os resultados esperados com o mínimo de efeitos colaterais possíveis.

Por ser um estimulante que atua no metabolismo até é esperado alguns efeitos como o aumento do ritmo cardíaco e dificuldades para dormir se o produto for tomado durante a noite. Mas apesar de ser uma substância muito segura, que é indicada para qualquer pessoa desde que esteja bem de saúde, há pessoas que possuem sensibilidade a estimulantes e podem sim sentir esses efeitos colaterais mais fortes.

Cafeína Efeitos Colaterais

Vamos citar abaixo 10 efeitos que podem ser causados pela cafeína.

Insônia

Assim como qualquer estimulante, a cafeína mantém a pessoa em estado de alerta. Por isso, quando tomada em um período de aproximadamente 6h antes de dormir, ela pode atrapalhar no sono. Para pessoas que já tem dificuldade para dormir pode ser que mesmo tomando a cafeína após o almoço, essa dificuldade seja intensificada.

O problema maior acontece quando a pessoa não consegue dormir a noite por conta de um estimulante, e depois para poder passar o dia acordado acaba tomando mais estimulantes.

Aumento do Ritmo cardíaco

A cafeína atua no sistema nervoso podendo assim existir mais pressão sobre o coração para manter o corpo em estado de estimulação. Com isso ocorre também o aumento da freqüência cardíaca o que pode ser perigoso principalmente para quem têm doenças cardíacas.

Nenhum estimulante é indicado para quem possui problemas ligados a saúde do coração e consulte sempre um médico ou nutricionista.

Dores de cabeça

A cafeína também atua estimulando o cérebro o que pode provocar dores de cabeça em alguns casos.”Estudo publicado recentemente pelo periódico ‘Journal of Headache and Pain’ confirma que o excesso de cafeína pode tanto melhorar como piorar as crises de dor de cabeça. O estudo foi conduzido na Noruega e envolveu mais de 50 mil pessoas que tinham o consumo médio de cafeína de 420mg/dia, o que significa umas quatro xícaras de café expresso”.

Ansiedade

O organismo de algumas pessoas podem não aceitar bem os estímulos causados pela cafeína no cérebro e no sistema nervoso, resultando em estados de ansiedade.

Náusea

O efeito diurético da cafeína pode causar náuseas em algumas pessoas e, em alguns casos mais raros, pode mesmo provocar vômitos.

Urina freqüente

Pelo mesmo motivo de poder causar náusea, ser diurético, a cafeína ajuda o corpo a drenar líquidos e então a freqüência urinária também aumenta.

Diminuição da densidade óssea

O consumo de grandes quantidades de cafeína, ao longo dos anos, pode diminuir a densidade de massa óssea, uma vez que a cafeína interfere com a capacidade do organismo em absorver cálcio. Em casos graves, uma pessoa com densidade de massa óssea significativamente diminuída pode desenvolver osteoporose.

Tremores musculares

É possível também que haja efeitos colaterais como tremores no corpo ou nervosismo depois de beber demasiado café, devido à superestimulação do sistema nervoso.

———

A Cafeína é segura?

SIM. Apesar dessa lista de efeitos colaterais que podem ser causados com o consumo da cafeína em excesso, a cafeína ainda é um dos estimulantes mais seguros e que mais possuem estudos a respeito de seus benefícios. Isso se tomada da forma correta.

Para ter uma idéia a quantidade máxima de cafeína permitida em um emagrecedor é de 420mg, equivalente a aproximadamente 5 cafés expressos. Segundo estudos a quantidade de cafeína necessária para que haja uma intoxicação alimentar é acima de 500mg.

A cafeína só seria fatal para uma pessoa se o consumo fosse de 10 gramas de cafeína em um único dia. O que seria aproximadamente 100 xícaras de café expresso ou 23 doses de um termogênico.

Mesmo assim é necessário cuidado, algumas pessoas possuem sensibilidade a cafeína e não se sentem bem com apenas uma xícara e café.

Segue o gráfico abaixo que fizemos para mostra alguns exemplos de quantidade de cafeína que alguns produtos possuem.

Infografico Cafeina

Como tomar cafeína?

Mas afinal, como tomar cafeína de forma segura em sem correr os riscos dos efeitos colaterais mais fortes.

1 – A primeira coisa que se deve fazer é obedecer à risca a indicação do fabricante que vem especificada na embalagem do produto.

2 – Alguns emagrecedores possuem porção diária com duas ou mais cápsulas, neste caso, inicie tomando apenas uma cápsula e com os dias vai adicionando as outras caso não sinta nenhuma reação ruim.

3 – Não tome refrigerante, xícara de café ou qualquer outro estimulante durante o dia para que não ultrapasse a quantidade segura de cafeína por dia.

4 – Não tome cafeína ou qualquer outro estimulante antes de dormir, um bom sono é ideal para manter a boa forma e o bem estar

5 – Se você acha que possui sensibilidade, não tome a cafeína em jejum, tome após ter se alimentado. Assim o corpo ira absorver uma quantidade menor de cafeína do que se você tiver tomando em jejum.

6 – Só tome qualquer suplemento alimentar se estiver bem de saúde e com o acompanhamento médico ou de um nutricionista.

7 – Beba bastante líquido.

Atenção: O uso da cafeína deve ser interrompido caso haja algum efeito colateral forte.

As dicas acima são para evitar efeitos colaterais mais fortes relacionadas à cafeína, mas antes de colocar qualquer uma em prática consulte o seu nutricionista.



Sobre o Autor

Amélia Blog
Amélia Blog
AméliaBlog no Google+




0 Comentários / Relatos


Seja o primeiro a comentar ou relatar!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 × 2 =


OxyElite Pro